Welcome to Avenue Kakumei!

Seja bem-vinde ao Kakumei! Este é um blog pessoal e intransferível que pertence à mim. Fique à vontade para zanzar por aqui, deixar sua opinião e voltar quando quiser!
Obrigada por ter vindo! o/



POSTAGEM PROFILE KAKUMEI


Kinda pretty and pretty damn smart
Tenie/Sté/Teh/Steph. Touro [30/04] do ano do Cachorro. Acredita em horóscopo e gosta de MBTI. Quase formada na USP. Vir-a-ser Escritora. Bookaholic em crise. Desenhista quando dá na telha. Cantora de chuveiro.
Lufa-Lufa de cabo a rabo. Gosta de musicais, mangás, Hqs, desenho animado, doramas, séries, filmes e o que mais vier.
Like romantic things like musicals and martial arts' movies. So whyyyyy don't I have a boyfriend? F***K! It sucks to be me!
Desventurando-se em série desde 1994. Ainda vai encontrar seu propósito.

You n me, we belong together


Livros, Nipon e Blá,blá,blá
Tomorrow

If you need a pal, my calendar is OPEN!

Participo

I wish I could go back to

And here's the people who made it happen!



Tenie x Shana x Photobucket x Blogger x 000webhost
[BRUXAS DO 31] Happy Halloween!
Postado por Tenie | segunda-feira, 31 de outubro de 2016 | 0 Comentários | link to this post
Bem-vindes, criaturas das trevas, ao último post do Bruxas do 31 (de Outubro)!
Feliz Dia das Bruxas pra todo mundo! Este mês foi muito divertido e, para fechar com chave de ouro, hoje é o momento de comentarmos todos os momentos tenebrosos deste mês, em grande estilo, com um post de comentários à la comentários do Oscar (só que, diferente da Glória Pires, a gente tem muito que opinar!), dividido entre os dois blogs. Para fazer mais sentido, vá ao Hishoku e leia os comentários sobre os dois primeiros posts que fizemos e depois apareça aqui de novo para terminar.
Se você  já veio do Hishoku, eu te convido a entrar neste humilde castelo virtual e prosseguir com a diversão!
Give yourself to the absolute pleasure (of this kinda funny post)!


#3 Lista de mangás para o Halloween

Tenie: Eu quero só comentar que o tio da Bianca era muito creepy.
Shana: MANO. O TIO DA BIANCA. WHY? 
Tenie: E não creepy no estilo Halloween, creepy no estilo Tiozão Sukita mesmo. Tadinha da filha do Jack com a Sally, não tinha um homi que prestasse naquele submundo bruxesco dela.
Shana: É um mangá que tinha tudo pra dar certo e ser um shoujo místico bonitinho, qual o problema desses japoneses com incesto? Fiquei bem fula, problematizei bastante, sofri calada. Mas no fim ele não prestava. Na verdade nenhum dos dois né? Fiquei bem surpresa com as revelações logo de início, e não conseguia shippar a menina com ninguém. Acho que ela tinha que se empoderar, subir na foice dela e sair voando diva e maravilhosa por aí.
E TAMBÉM PENSEI NA SALLY
Tenie: Miga, também achei que as duas opções amorosas dela eram bem abaixo da média. Ninguém merece.
No geral, estávamos fracas de bons partidos naqueles 4 mangás, veja bem.
Shana: Ah, eu acho que o Thomas de Vampire to Shinigami até estava bem ok. Inclusive, foi o meu mangá favorito ❤️ Desejei muito uma continuação. Gostei do clima mais maduro, bem sensível, meio enevoado eu diria, me deixou bem num clima de vampiros mesmo. O único defeito dele pra mim foi ser uma oneshot, porque as 50 páginas não me deixaram satisfeita at all. ;w; Eu poderia ver muito mais desses protagonistas! Até cheguei a ler a "continuação", mas não é o mesmo clima... Sofri.
Crescent Moon eu não sei o que achei tão bem. Eu achei a história muito bacana, fiquei lendo loucamente esperando descobrir coisas, mas achei o final um pouco corrido e fiquei meio confusa - não sei até agora se entendi tudo o que aconteceu ou não Mas achei a arte bonita, adorei o clima da história, mas talvez não foi claro o suficiente pra mim.
Já Blood Hound eu não gostei muito. A arte era bonita, mas pra mim a história era meio torta - uma coisa pulava pra outra que pulava pra outra e eu não sei, podia dizer que foi o tamanho mas já li mangás de 5 capítulos bem melhor desenvolvidos. Não leria de novo, eu acho.
Tenie: Eu concordo com você sobre Vampire to Shinigami. De longe, o favorito dos favoritos e o único defeito dele era ser de verdade uma oneshot. E eu tinha um mega-crush no Tomas, confesso.
Blood Hound eu gostei pelo valor de análise. Mas a Kaori Yuki tende a cometer os mesmos erros várias vezes e sempre fazer o mesmo plot pra tudo - apesar de eu ter amado Blood Hound porque era um Ouran com vampiros
Shana: ❤️ E o prêmio de melhor mangá bruxesco vai para.... HAHAHAHA!
Bom, eu tentei ler Ouran e ele continua abandonado por motivos de: não desce. O plot me encantou quando vi o anime lá pelos meus 14 ou 15 anos, mas acho que atualmente não me identifico com a ideia do host club, e a versão vampiresca não acrescentou nada nesse ponto, então... Não desmereço o mangá, mas não é pra mim? xD
Tenie: Entendo perfeitamente! Eu até hoje não consegui emplacar Itakissu e todo mundo ama!
E, em termos vampirescos, Vampire Knight não me desceu até hoje, li só uns 2 volumes e arrastada. C'est la vie, como diriam os franceses
Agora eu achei Crescent Moon uma boa ideia com uma execução que não me desceu. Me lembrou um dorama que eu vi, chamado Lucid Dream [Comentário da Tenie: Também era sobre um casal que se fez uma promessa "em uma vida passada" e não conseguiu cumprir e talz], que também tinha uma ideia bacana, mas a execução era muito esquisita e cansativa - em ambos casos!
Shana: Esquisita e cansativa são boas palavras. Eu me perdia de um quadro pra outro, às vezes tinha que reler a página anterior pra me achar. çwç Uma pena, a premissa era muito boa!
Mas moving on!


4# - O post que se perdeu no meio do caminho? HAHAHA!

Tenie: Exatamente... hahahah Bom, mea culpa! Bastidores do Bruxas: Tínhamos 4 posts (o quinto era de comentários, então não contava) e só 3 temas, pensamos em deixar um dos posts como tema livre, só que calhou de ambas quererem falar de séries, só não da mesma série.
Shana: Daí teoricamente cada uma ia indicar uma série halloweenesca pra maratonar no halloween, mas quando eu fui ver o post da Tenie... HAHAHA!
Tenie: Só que chegou no dia e eu não estava com pique para avaliar uma série que, na verdade, eu nem tinha gostado muito. Aí eu fui fazer o que me fazia feliz: Meme. Isso ainda achando que o post era tema livre, porque minha memória recalcou (falei certo? XD) as últimas conversas sobre o quarto post
Eu me senti mal, confesso. :<
You had one job, Tenie
ONE JOB
Shana: Ah, acontece miga Engraçada deve ter sido minha cara ao chegar no Kakumei e "eu estou no lugar certo. Certo? CERTO? TENIE MIGA ME AJUDA"
Tenie: Pegadinha do Malandro. Glu glu yeah yeah xD
Só que depois até eu fiquei confusa. A pegadinha saiu pela culatra (nem foi uma pegadinha really).
Deixando as confusões da Tenie de lado (Classic Tenie!), eu queria ressaltar o quanto eu adoro as resenhas da Shana
Shana: Acho que demoramos tanto pra definir o tema o "4º post indefinido" que você ficou pensando nele como sem tema até o fim. Fixou a ideia. XD Awn HUAHUAHAHSHAHUA
Tenie: Elas são as resenhas perfeitas: têm a quantidade certa de história e de comentário, misturado com trivia e o de Charmed teve contribuições externas, eu achei um ahazooooo
Mas confesso que séries longas me dão uma preguiiiiça, então Charmed vai ficar rolando na lista um tempão antes de eu assistir hahaha
Shana: Eu PRECISEI chamar o Miguel. Ele que me iniciou no mundo encantado de Charmed! E aí achei que seria válido comentar dos quadrinhos - que eu nunca lerei na vida por motivos de: não gosto de hq.
Ouso dizer que tu só precisa ver a primeira temporada e qando se der conta já tá no último episódio da 8ª. Impossível não se identificar a apaixonar pelas encantadas!
Tenie: Convenhamos, HQ também não facilita a vida das migas. u-u
(Mangá é muuuito mais legal ;P )
Um comentário, já que estamos falando de Charmed: entrei em uma C&A no sábado e senti que entrei num túnel do tempo. Estamos com umas inspirações tão 90s na parte de moda casual ultimamente xD
Shana: SIM, ESTAMOS! Mas eu confesso que acho muitos figurinos anos 90 feios ou bizarros. Miguel talvez me coloque na fogueira por isso, mas eu sou toda anos 80 pulando pros 2000 gente, desclpa.
Mas menina, deixa eu falar desse teu meme.
BABADOOK! Eu vi inteiro, resenhei no blog, mas só de ver o poster do filme me tremo todinha!
Tenie: Miga, eu sou mais os 80s/2000s também, mas nem adianta gostar da moda 90s porque na C&A moda 90s só até tamanho M que, na verdade, seria tipo um P, porque minha irmã veste M e nem nela serve o_O
Miga, Babadook é muito hardcore. O TVTropes considera o filme o sucessor espiritual de Exorcista (e Exorcista é um filme que eu nunca vi, mas sempre me assustou xD)
Shana: MUITO. NOSSA. Eu acho que passei metade do filme sem respirar.
Tenie: Melhor nem comentar muito. Eu cheguei quase a citar Mama, porque tem umas coisas bem assustadoras lá, mas eu achei que só o fato de eu ter droppado Babadook já dizia muita coisa hahaha
É difícil escolher qual filme me assustou mais. Alguns me assustaram muito por um tempo e depois passou... Agora, O Chamado é eterno. Se a TV dá tilt, eu já fico "SAmara, é tu, minha fia????"
Shana: HASHUHASUHAS MEDO
Mas num geral, me identifico com mutias respostas medrosas. Menos essas de gostar de filme de terror, amiga, procure terapia, pra que esse sofrimento todo? HAHAHA!
Tenie: HAHAHAHAHA
Miga, eu não sei se quero procurar terapia. Uma coisa que tem me ajudado muito é que eu fico puta com as misoginias típicas de filme de terror e fico "Mas o dark side xamais se venderia tão baixo!" hahahaha
Shana: HUAHUASHAUSHASUHASUAH
Tenie: As coisas estão feias quando você passa a ter mais fé em monstros fictícios que na Humanidade hahahaha
Shana: Olha, não queria te desanimar mas veja bem...
Tenie: Por ser um meme em inglês,ele traz várias coisas pouco usuais pra mim, que moro no Brasil. Tipo, eu nunca conheci ninguém que invadisse prédios abandonados nem nada, mas os americanos acham isso meio cool, pelo visto
Julguei
Shana: Conheço gente que invade altos locais por SP heim? HUSHAUHAUHSH
Mas acho que nosso papo estendeu fora bruxas já. HAHUAHAUAHUHAH


Chegamos ao fim do mês, descem as cortinas e finalizamos o Bruxas. Agora, aos agradecimentos e comentários.
Eu amei fazer todos esses posts temáticos em parceria com a Shana. Acho que o Kaku nunca esteve tão ativo em toda a sua existência - e, apesar do post que se perdeu e de todos os percalços, espero poder repetir a dose ano que vem!
Quero agradecer a todos que leram os posts e acompanharam. E, claro, meu muito obrigada especial pra Shana, que foi minha comparsa nisso tudo!
Agora, é hora de subir na vassourinha e vassourar por aí até o ano que vem!
Terrific kisus yall!


Este post faz parte do Bruxas do 31 (de Outubro) 2016, feito junto com o Hishoku no Sora. Para ver mais, clique aqui.

Marcadores: , ,



[BRUXAS DO 31] Um post memeístico (Ou O post que se perdeu)
Postado por Tenie | segunda-feira, 24 de outubro de 2016 | 0 Comentários | link to this post
E os mortais pensaram que moi, a Rainha dos Memes, ia passar este evento tão especial que é o Bruxas sem fazer um meme? MWAHAHAHAHAHA
O.k., a princípio, a ideia era não fazer meme, mas eu queria tanto fazer um! E a Shana já estava falando sobre uma coisa e eu não queria falar sobre coisas do mesmo gênero além do que eu estava enfastiada com tanta resenha que eu fiz nas duas semanas passadas, então decidi que habemus meme. Aliás, hoje mais do que nunca, corram lá para ver o que ela esteve preparando no caldeirão dela durante a semana!

Esse post faz parte do projeto Bruxas do 31. Para saber mais, clique AQUI! Visite também o HISHOKU NO SORA para acessar a outra postagem sobre o tema.

Eu ia fazer o meme musical que a Helo fez, mas como já tivemos uma playlist, decidi por um meme escrito. Mas podem ir lá no L'Énigmatique conferir o meme zumbificado e dançante da Helo (Link direto aqui)! Esse meme já foi feito aqui no Kakumei, mas o post foi retornado aos rascunhos para reparos e nunca mais voltou *música de suspense*
Aí achei essa tag no Tumblr. Essa tag/meme foi feita pela Queen of Pumpkin Patch e se chama Spooky Questions. Eu estou traduzindo livremente.
Só creditem o blog original e a minha tradução se vocês decidirem fazer. o/ (Sim, é um meme sem regras, feito para se divertir


Questões Sinistras

1. Você acredita em aliens?
Sim! E eu acho que eles são super-bacaninhas pessoalmente! ^^v

2. Você acredita em fantasmas ou espíritos?
Nunca vi, pero que los hay, los hay - e eu me cago de medo.

3. Que lenda urbana te assusta mais?
Olha, até hoje a da Loira do Banheiro e a da Bloody Mary me deixam de cabelo em pé. Evito até pensar. Juro!

4. Qual filme popular de terror é seu favorito?
Premonição, o primeiro. Ainda é meu favorito - apesar de eu achar o quinto filme muito melhor, mas ele não é popular, então vou contar o primeiro como o favorito, porque não deixa de ser também.

5. Você visitaria uma verdadeira casa mal-assombrada?
Tenho sentimentos conflitantes sobre esta questão. Em partes, eu gostaria, porque sou curiosa e acho que essa experiência seria fantástica, me traria várias ideias e tudo. Por outro lado, vide pergunta 2, eu morro de medo de fantasma e assombração... Aí complica.

6. Qual o seu maior medo?
Hm... Perder a lucidez e ficar sozinha, eu diria.

7. Você já teve alguma experiência paranormal?
Não que eu tenha percebido.

8. Se você estivesse em um filme de terror, você acha que sobreviveria?
Se fosse um filme de zumbi, sepá eu ia morrer de velhíssima. E se fosse filme de slasher... Bom, eu jamais entraria numa cabana abandonada nem ficaria recitando coisas estranhas em latim achadas em um diário no porão - então eu não ia nem participar da zoera hahahahaha
Agora, se fosse filme de aparição ou de diabo, aí eu ia morrer no primeiro susto.
Mas, no geral, eu acho que eu seria uma puta de uma Final Girl.

9. Você prefere gore (filmes nojentos, cheios de vísceras e sangue) ou thrillers?
Vou ficar com thrillers, mas eu gosto mesmo é da mistura dos dois. Gosto de filmes nojentos e com propósito, que te fazem pensar, que têm toda uma história bem montada por trás... Não curto muito gores do estilo Guinea Pig, que é o gore pelo gore.

10. Você é supertisios@?
Um pouquinho. Até hoje não deixo chinelo virado pra minha mãe não morrer e não deixo porta de armário/guarda-roupa aberta porque acho que atraí coisa ruim.

11. Você já fez a brincadeira do copo?
Jamais!!! Morro de medo dessas coisas!

12. Você tem alguma coisa que seja assombrada?
Olha, só se for assombrada pelo meu passado.

13. Você se assusta facilmente?
Sim. E mesmo assim eu amo terror, porque eu sei que quanto mais eu conhecer dos filmes, menos eu vou ficar assustada. Ainda assim, eu fico bem assustada. Eu não tenho um pingo de coerência nesse assunto.

14. Qual foi o filme mais assustador que você já viu?
O Chamado até hoje é o que mais me assusta! Mas DeadGirl me fez passar um susto tão grande que eu cheguei a ficar branca e meio fraca lá pela metade do filme. E Babadook também conseguiu ser bem perturbador - a ponto de eu não ter saído dos primeiros 30 minutos.

15. Você tem fobias?
Acho que a coisa mais gritante nesse sentido é meu medo de palhaços, bonecas e essas coisas que emulam feições humanas. Eu morro de medo. o-o

16. Você já viu um fantasma?
Não vi e não quero por favor obrigada.

17. Você acredita em demônios ou no Demônio?
Não exatamente.

18. Você já invadiu alguma casa ou prédio abandonados?
Naaam, migs, naaaam.

19. Serial Killer favorito?
Estou assumindo que seja um dos fictícios, porque não faz sentido gostar de serial killer de verdade... É o Hannibal Lecter, porque eu não conheço muitos outros.

20. Você vê vultos na sua visão periférica?
Não de verdade, só se eu estiver meio impressionada, aí eu arrumo desculpa pra tomar susto gratuitamente. Mas quisso, migs, não vamos tocar o terror geral aqui, não. o-o

21. Você ouve barulhos quando não tem ninguém por perto?
Sim, mas eu acho que é porque eu sou igual uma gata assustada e fico sempre procurando por coisas - aí você acha, né? Mas eu sei que não são sons sobrenaturais, só sons normais e eu que estou meio paranoica.

22. Você já fez uma Sessão Espírita (Seance, em inglês)?
Nunca fiz uma, mas já fui a uma faz um tempão.

23. Você já viu um morto fora de um funeral?
Não, ainda bem.

24. Você já pegou um fantasma em uma foto?
Não! Ainda bem!



Eu vou fazer algumas indicações para este meme, já que ainda temos uma semana até o Halloween: Lolita, Helo e Sah. Mas fiquem tod@s à vontade para fazer esta tag se gostarem! Aliás, deixem um comentário me avisando, que eu com certeza quero ver as respostas de vocês!
Este foi mais um post do Bruxas! Não deixem de dizer o que acharam e confiram o post da Shana!
Nos vemos semana que vem para o fechar este Outubro com chave de ouro!
Terrific kisus



Marcadores: , ,



[BRUXAS DO 31] 4 oneshots halloweenícas para este mês
Postado por Tenie | segunda-feira, 17 de outubro de 2016 | 1 Comentários | link to this post

Esse post faz parte do projeto Bruxas do 31. Para saber mais, clique AQUI! Visite também o HISHOKU NO SORA para acessar a outra postagem sobre o tema.


Ahoy, monstrinh@s do mar! Tudo certo?
Hoje eu estou entregando um trabalho de faculdade, além de entregar este post. Os últimos dias têm sido cheios de escritos e esta semana promete muito. Estou bastante ansiosa!
Eu queria pedir desculpas por não ter respondido aos comentérios do último post. Semana passada foi muito estranha, eu não estive nada bem física nem psicologicamente. Mas vou me esforçar para fazer melhor nesta semana!
E na terceira semana de Halloween, esta bruxinha que vos fala (feat. BruShana-chii) traz 4 mangás pavorosos para começarmos o esquenta para dia 31 de Outubro!
Seria até estranho se eu e a Shana, que sempre tivemos blogs sobre mangás, animês e cultura pop japonesa não trouxéssemos um post de mangás pro primeiro Bruxas!
Como eu a Shana queríamos algo sobrenatural e místico, mas moderadamente aterrorizante, escolhemos 3 mangás curtinhos que são misticos, mas que você pode ler sem medo de ficar assustad@ por toda a vida! (E um mangá mais compridinho, mas também não muito aterrorizante hehe)
Enjoy!




  • Vampire to Shinigami (Ikemi Runa, 2009)
Esta oneshot é uma fofurinha... Uma fofurinha meio bizarra, mas é pra isso que estamos aqui mesmo!
O mangá conta a história do Tomas, um assassino de aluguel que nunca deixou um trabalho incompleto, e da interessante relação entre ele e a Myra, uma vampira imortal (Imortal de verdade, igual na música da Sandy & Junior #90skidswillgetit).
A princípio, eu achei que não tinha gostado do traço, mas olhando de novo, achei ele bem bonitinho. E eu adorei a história, li num instantinho.
Talvez até gostasse de ver algo a mais sobre essa oneshot. Alguma coisa nela me lembrou Vampire Knight, mas deve ter sido alguma coisa na estética, porque não vejo semelhança na história.
Recomendo se você está procurando algo bem rapidinho e light para ler.

  • Hakamori Majo Bianca (Yamazaki Aroe, 2011-2013)
Outra história que começou fofinha. A Bianca em questão é a bruxa guardadora do cemitério bruxo, onde estão todos os bruxos e bruxas poderosos. Ela parece a Sally, de Nightmare before Christmas, com a boca costurada nos cantos e costuras por toda a parte - o que faz dela a "última bruxa com uma aura má", já que todas as outras bruxas são "fofas", por isso, ela nunca teve um namorado. Até que o cara mais  popular da escola de bruxas, Zela, passa a prestar atenção nela. Depois disso, Zela ganha um concorrente: o tio de Bianca, Girrick (WUT???? Mesmo ele não sendo tio dela de verdade, é meio esquisito)
Eu não gostei do mangá. Achei chatinho, as relações da Bianca com os dois caras são meio abusivas, e a coisa não teve um final de verdade. Mas eu não ia querer ler uma continuação nem que viessem com uma, anyway.
Eu achei o desenho péssimo. A Bianca é a bruxa mais bonitinha, porque todas as outras "bruxas fofas" são estranhíssimas (não propositalmente. A mangaka realmente as fez pra parecerem fofas) e o design é tão ugh... Sério, eu achei uó. Achava feio tudo que era bonito pra história, não tava podendo com aquilo tudo. Esta bruxa que vos fala não conseguiu engolir esse  mangá.
Não recomendaria.

  • Yorugata Aijin Senmonten: Blood Hound (Kaori Yuki, 2003-2004)
Uma história da Yuki-san. Eu, pra quem chegou agora, gostava muuuuuito dela durante o Ensino Médio - portanto, vai ser a resenha mais longa, porque é a que eu mais tenho coisas a dizer sobre. Conde Cain ainda é um dos meus mangás favoritos - com várias ressalvas, mas é.
Blood Hound é curto, tem só 5 capítulos e o fansub que eu peguei tinha uma nota de abertura ma-ra sobre o nome do vampiro principal, que explicava que Suou é, ao mesmo tempo, o nome de uma árvore (Cercis Siliquastrum, que nós chamamos de Olaia, mas que é conhecida como Judas tree no inglês - e a Yuki-san ama usar coisas relacionadas à língua inglesa e à cultura britânica especificamente), de uma cor (vermelho-escuro com um tom amarronzado, meio sangue seco) e de um estilo estético do período Heian que envolvia colocar as cores das camadas do kimono em uma certa ordem. E o kanji individual significa "resurrection's fragrance". Um nome muy apropriado para um vampiro - esse tipo de coisa é uma das coisas que eu adoro nas histórias da Kaori Yuki.
Fazia um tempão que eu tinha vontade de ler esse mangá da Yuki-san porque ele é sobre vampiros e sobre um host club e é de uma das mangakas que eu mais gostava.
Eu gosto do estilo da Yuki nesse mangá. É um estilo pós-Angel Sanctuary provavelmente [porque Conde Cain teve 2 fases: uma antes de Angel e uma depois, e eu reconheço o estilo antes-depois dela bem fácil por causa disso - até porque a diferença é gritante], então os caras bonitos da Yuki estão bonitões mesmo.
A Rion é a primeira protagonista que se destaca realmente e cuja relação mais forte é com outra guria (Shiho, sua melhor amiga) e não com um cara (geralmente amigo ou irmão) que vai acabar virando foco da história. Sinto como se este mangá fosse o primeiro que eu vi da Yuki-san com uma protagonista feminina. Mas, como é um mangá da Yuki-san, ela está rodeada de boy magia negra.
Os cinco vamps do host são beeeem o estilão da mangaká. Mas o principal é Suou (UM HOST CHAMADO SUOU!!! MIM SEGURA QUE MEU CORAÇÃO NUM GUENTA UMA COISA DESSAS!!!), que é bem sarcástico e relaxadão - além de ser um deus da moda e da elegância.
Eu vou tentar não me alongar aqui, mas este mangá dava um post inteiro de análise. Eu, como fã da Yuki-san, gostei e recomendaria a oneshot. Ela consegue prosperar em vários pontos fracos dela - até então - mas eu sinto que, pelas minhas outras leituras dela, não foi um progresso continuado.
A maioria das resenhas aponta Blood Hound como uma história bobinha, mas eu achei bacana - em geral, as histórias da Yuki-san são um pouco pretensiosas, mas eu achei que essa não tinha muitas pretensões e isso me deixou feliz.
Foi de longe o meu favorito, mas isso deve ser porque eu gosto muito da Kaori Yuki ainda - e porque esta oneshot é pretty much um Ouran vampiresco, ou seja, teve tudo o que eu gosto.

Oh! E uma última trivia antes de ir: Um dos outros 4 vampiros do Host se chama Mogei. O vampiro do mangá seguinte também se chama Mogei. ºvº

  • Mikan no Tsuki: Crescent Moon (Iida Haruko, 1999-2001)
Nem conto a dificuldade que foi achar bons scans desse mangá no Manga Rock. Tive que ler no pc mesmo, mas até que a experiência de ler no pc foi bem melhor do que eu lembrava. Por outro lado, em algumas partes usaram uma fonte estilizada que era uma desgraça pra ler... Achei uó.
O mangá acompanha Mahiru, uma menina órfã que traz sorte para todo mundo ao seu redor, mas que é extremamente azarada. Ela sonha constantemente com um mundo onde há uma princesa que prometeu se casar com um demônio, mas ninguém nunca ouviu falar de tal história - o que faz Mahiru desconfiar que ela talvez não seja tão normal. Ela confirma isso quando esbarra em um grupo de adolescentes que são, na verdade, criaturas da noite autodenominadas Raça Lunar/Lunar Race, que são espécies sobrenaturais influenciadas pelas mudanças da Lua. Somente com o poder da herdeira da Princesa eles poderão fazer o paranauê que eles precisam fazer.
Ah! No meio disso tudo, tem o Mitsuru Suou (Nos encontramos de novo, nome enigmático), um youkai que odeia os humanos porque eles são falsos e maus, e o Nozomu Moegi (EI, que raios que tá rolando aqui????), que é um vampiro fofinho mas meio suspeito. Os dois são fofos e meu primeiro palpite foi que ia dar triângulo amoroso. Não vou comentar se estava certa ou errada - mas Mahiru ficou exatamente com quem eu sabia que ela ficaria.
Akira é o meu favorito. Qualé, ele é um catioríneo fofíneo e super-alegre!!! [Mas ele está sempre acompanhado de gatos, então eu estou super-confusa durante a introdução]


Ah vai! Ele é muito fofinho sim!

Enfim, eu não gostei do traço - apesar de ser um mangá dos anos 90 e eu pagar o maior pau pros mangás mais antigos. Salvo alguns momentos, como quando a mangaká desenha chibis ou quando ela desenha a princesa e o demônio em suas versões feudais, ou quando ela desenha o Nozomu como um morceguinho. Mas ele melhora consideravelmente no final, o traço da Iida-san. Ainda não figuraria entre os meus favoritos, mas foi bacana ver a evolução.

Quis compartilhar esta imagem porque ela é bizarra e é um dos motivos pelos quais eu mal passei do começo.

O mangá me lembrou um pouco Crepúsculo, porque temos um grupo de 4 adolescentes + 2 adultos sobrenaturais que me lembraram muito os Cullen. hahaha Mas a Mahiru é mais útil que a Bella, diga-se de passagem.
Eu recomendaria para quem procura algo místico numa linha meio Fuushigi Yuugi, mas sem ser super-longo e enrolado.


Então, Criaturas da Lua, o que acharam? :))
Se vocês tiverem alguma indicação, por favor, façam agora ou calem-se para sempre podem dizer depois também. Aqui eu sou aberta a sugestões full time, migs!
Prometo me esforçar mais nesta semana para responder aos comentários! E semana que vem tem mais Bruxas do 31 (de Outubro).
Não esqueçam de checar o Hishoku no Sora e ver as resenhas assombrosas da Shana! [Não vou dar spoilers do próximo post - tentem adivinhar o que a Shana vai postar hahaha] Stay magic!
Terrific kisus


Marcadores: , , ,



[BRUXAS DO 31] 4 filmes para ver neste Halloween
Postado por Tenie | segunda-feira, 10 de outubro de 2016 | 3 Comentários | link to this post
Olar, criaturas da noite! Estou de volta para mais um post do Bruxas do 31 (de Outubro)!
Antes de começarmos, quero orgulhosamente anunciar que estou no TOP 15 e no TOP 10 do Emotion Contest!
A quinta edição está com as inscrições encerradas, mas fiquem atentos para a próxima, sim?
Deleitem seus olhos com estas plaquinhas divinamente trevosas!



Para hoje, um post cinematográfico! Eu e a Shana-chii, minha parceira de crimes, vimos 4 filmes que acreditamos se encaixar perfeitamente na temática bruxesca deste mês e vamos indicá-los (ou não!) pra vocês!
Eles estão em ordem aleatória, exceto pelo primeiro filme que eu vou citar, porque esse foi o mais detestado para mim.




  • Hotel Transilvânia (2012)
Eu fui ver no cinema quando foi lançado no Brasil, e achei bem bacaninha. Revendo para este post, eu achei o filme bem ruinzinho e irritante. Eu sei que é pra crianças, mas tem tanta coisa pra crianças que é tão boa e tão, mas tão melhor que essa franquia.
Outra coisa: É um filme com o Adam Sandler ou seja, é mega-machista e eu não gosto de como as coisas que o envolvem são sempre tão... Bom, pelo menos, neste desenho, Drácula não é um bebêzão que se recusa a crescer, como em 90% dos filmes do Adam Sandler. Mesmo assim, é um filme com o Adam Sandler e isso já me dá um arrepio de desgosto.
Ambos filmes giram em torno do resort secreto que Drácula criou para que monstros de todos os cantos pudessem tirar férias tranquilamente, longe dos humanos, que sempre os caçaram. Só que Mavis, a filha do vampiro, quer muito deixar o hotel e viajar pelo mundo. As coisas se complicam quando Johnatan, um humano muito xis, fura todas as proteções do hotel e termina se apaixonando por Mavis. No segundo filme (de 2015), Mavis e Jonathan vão ao hotel para apresentar Drácula ao neto.
Como eu não gostei nem do primeiro, não vi o segundo. Não recomendo. Acho que você pode achar coisas melhores até pras suas crianças.



  • Sleepy Hollow (1999)
Eu costumava gostar mais desse filme. A estética toda é bonita, os figurinos são sensacionais e eu gosto que a história seja assustadora e engraçada de um jeito equilibrado.
É a história do estudioso Ichabod Crane, mandado para Sleepy Hollow a fim de investigar 3 decapitações misteriosas de figurões da cidade pelo Cavaleiro sem Cabeça. Obviamente que Crane, por ser um homem da ciência (em tempos que condenam a atividade científica), não acredita que isso seja possível. Lá chegando, ele vai contar com a ajuda do menino Masbath e de Katrina Van Tassel.
Eu amo a Katrina e o jovem Masbath. Acho que a história não seria tão legal quanto é  sem eles.
Eu ando meio com a cara virada pro Johnny Depp porque ele se saiu uma bela decepção enquanto ser humano, mas tenho que dizer que gosto muito mesmo do trabalho dele como Ichabod Crane. Também não estou lá muito simpática com o Burton, acho que ele tem andado com o rei na barriga e, bom, francamente... Seje menas.
Sleepy Hollow não deixa de ser um filme bastante divertido para este mês. Só cuidado com os jumpscares... Por outro lado, ele ainda nem é o pior filme em questão de jumpscares.




  • Frankenweenie (Longa de 2012 e curta de 1984)
Também fui ver Frankenweenie no cinema, em 2012. Na época, achei meio xis, não gostei nem desgostei. Agora fui rever para este Top 4 e achei bem amorzinho. Stop motion é sempre amorzinho ou quase, porque Hell and back existe e é a pior merda já feita.
A história é sobre Victor e seu cachorro, Spark. Eles vivem felizes com a família Frankenstein, até que Spark morre e Victor faz uns paranauês aí pra reviver o pet, que termina revivido. Aí rolam mil tretas, mas, no fim, a gente aprende que o amor é o que importa.
Eu ia ver a animação em inglês, mas acabei vendo em português porque já de começo eu identifiquei uma pá de dubladores que eu adoro. Agora o curta, eu vi em inglês no Youtube - junto com o curta animado Vincent, também do Burton (LINK).
O filme nada mais é que uma versão estendida do curta de 1984, que Burton sempre quis transformar em um filme - mas que não pôde na década de 80. Alguns takes são iguais, o que é bem legal, na verdade.
O curta é bem simpático e tudo. Prefiro a animação, porque eu gosto mais de animações mesmo.
Eu até gostei da doidinha dos gatos do desenho. Só que ela é meio ugh demais pro meu gosto.



  • A Casa Monstro (2006)
Eu amo esse filme desde o primeiro dia em que eu vi - e foi no cinema, quando lançou. Depois eu lembro de ter assistido a ele novamente várias vezes. É um filme do qual não canso.
A história gira em torno de 3 pré-adolescentes que são vizinhos de uma casa horrorosa, onde vive um velho que é uma praga com a vizinhança. O problema é que o velho não é rabugento à toa - e ele tem bons motivos para expulsar todo mundo de sua propriedade.
Eu ainda acho A Casa Monstro uma das animações mais emocionantes que eu já vi. Ela discute a crueldade das pessoas de uma forma bastante única para as animações ocidentais e traz a ideia de que não é só porque te machucaram que você pode machucar os outros (Isso volta depois em ParaNorman, inclusive, que é uma animação com uma vibe bem retrô).
Também amo como ela discute o fato de que nós não devemos presumir que conhecemos as pessoas só porque a vemos cotidianamente de longe. O Mr. Nebbercracker não era nada simpático, mas depois vemos que ele tinha motivos fortes para isso e que ele era uma pessoa genuinamente gentil em essência, mas que precisou assumir uma postura horrível para o bem maior.
Esse é, sem dúvida, o meu favorito da lista.



E aí, Bolinhos de abóbora, gostaram da lista?
Espero voltar ano que vem com mais sugestões de filmes - já que essa é a fonte inesgotável de recursos para posts temáticos HAHAHAHAHA
Não vá se esquecer de conferir o post da minha comadre Shana, lá no Hishoku no Sora, viu?
Semana que vem tem mais post, agora sobre... Mangás! Esperem ansiosamente!
Terrific kisus


Marcadores: , , , , , ,



[BRUXAS DO 31] Playlist de Halloween
Postado por Tenie | segunda-feira, 3 de outubro de 2016 | 2 Comentários | link to this post
Olá, criaturas da noite madrugada! Que tal o layout?
Deu uma trabalheira, mas sinto que fico melhor com isso a cada novo layout! Estou cheia de determinação right now!
Bom, e vocês me perguntam "Oras, por que você produziu o Kakumei inteirinho?". Porque, querid@s seres noturn@s, para este mês de Outubro, eu e a Shana decidimos começar uma tradição (ou só fazer algo legal e que fosse diferente uma vez na vida) halloweenesca para os nossos blogs!
Estamos inaugurando hoje o Bruxas do 31, que é uma série de posts temáticos e combinados que eu e a Shana-chi faremos nas próximas semanas! Cada semana, um post novo em cada blog para animar o Mês das Bruxas!
Ou seja, depois de sair daqui, vá conferir o blog da Shana, que está assustadoramente glamouroso, e divirta-se com essa corrente!
Estamos planejando isso há um ano já, migues, e estou orgulhosa do resultado! Também estou muito honrada por poder trabalhar com a Shana, minha comadre de blog (Sim, ela é madrinha do Kakumei, portanto, minha comadre).
Bom, para a postagem inaugural, decidimos indicar uma playlist bruxesca para começarmos a esquentar para o mês mais benevolentemente sombrio do ano! Porque Agosto é o mês malevolamente sombrio do ano (Principalmente neste ano o mês de Agosto foi bem punk, vide posts passados).
Antes de mais nada, behold! O banner mais lindoso já feito para este evento (By Shana-chii)!



Vou fazer a minha playlist com 10 músicas, porque sim. Vocês podem ouvi-la inteira na playlist do Youtube logo abaixo - assim, vocês podem só dar o play e se preparar pra magia (Thanks, Shana, pela ideia! haha)!



  • Magic Dance - David Bowie (Labyrinth OST)
Gente, eu amo essa música! Vi o filme em Agosto, depois de muito protelar, e também gostei muito. O David Bowie estava uó de Rei dos Goblins e eu AMO as roupas da Jennifer Connoly - especialmente aquele vestidão baphoooo que ela usa no baile. Esta música é mística e animadinha, própria pra balançar o esqueleto e dar início aos trabalhos!
Claro, não chamem o Rei dos Goblins pra levar pessoas pro reino dele, por favor. Não é recomendado e o Kakumei não apoia esse tipo de prática.


  • Ghost (Mystery Skulls)
Por favor, vejam a animação do clipe (Qualquer coisa, o link está aqui), ela é muito fofa e bacana! Eu adoro essa música, apesar da letra não ser exatamente sobrenatural nem nada, mas adoro.
E, pra uma wallflower como eu, se sentir como uma fantasma faz muito sentido. Super me identifico com o refrão!
O videoclipe animado faz parte de uma historinha (com Wiki e tudo) e há continuação no videoclipe de Freaking Out. Espero a terceira parte ansiosamente.


  • Dance Apocaliptic (Janelle Monae)
Continuando com as músicas animadenhas e dançantes. O clipe original é bem bacana, girl power e tal, mas não tinha muito a ver com o tema da playlist e não dá pra apreciar a música sem interrupções com o clipe.


  • Heads will roll (Yeah Yeah Yeahs)
Diretamente de 2009, uma ótima, quase clássica! Clássica porque conheço desde a primeira ou segunda temporada de Glee, quando eu assistia simultaneamente ao lançamento dos episódios nos Estados Unidos. (Ou seja, faz tempo)
Além disso, nada mais clássico que uma música terrorzinho da época em que o terrorzinho estava com tudo (Para quem não se lembra, 2009 foi o início da febre Crepúsculo, que trouxe uma enxurrada de histórias de romance-terrorzinho pra TV, cinema e literatura).
O clipe é muuuuuito legal! Eu adorei a estética dele, é gory e glamuroso, com sangue de purpurina e lobisomens dançarinos! O link para o clipe, caso queiram ver separadamente, está aqui.


  • Tokyo (Vampires and Wolves) (The WOMBATS)
Eu amo muito, muito, muito essa música! Ela é animada e dançante e meio mística, e ótima pra embalar momentos inspirados de criação!
E nada mais clássico que vampiros e lobisomens para este mês! Faltaram as bruxas, mas nada é perfeito, afinal.
Música recomendadíssima.

  • Pa Pa Power (Dead Man's Bones)
Eu amo muito essa música (Eu amo todas as músicas, mas enfim)! Ela é misteriosa, não muito agitada, mas ótima pra dançar mesmo assim. E eu me sinto muito poderosa ouvindo!
Dead Man's Bones é uma banda ótima pra esta época do ano, porque todas as músicas deles têm esse quê misterioso, místico, meio macabro... Mas, de todas, esta é a minha favorita deles.
Me lembra muito uma série chamada Alphas.

  • Heartlines (Florence + the Machine)
Essa é uma das fofinhas, pra quem acredita em destino e nas linhas das mãos - ou seja, pras bruxinhas cartomantes e leitoras de mão. Florence sempre tem uma pegada mística, mágica e sobrenatural.
Claro, há outras músicas dela que são ótimas pro mês... Bom, eu nem vou citar, porque senão vai virar uma playlist dentro da playlist.
Mas, como a proposta deste post é uma playlist Bruxinha Pop, vou me ater às good vibes.

  • Bad Things (Jace Everett)
Outra clássica nas minhas playlists de Halloween (ou para histórias sobrenaturais). Nunca cheguei a gostar de True Blood, mas ainda acho essa uma das melhores músicas de abertura de série ever.
Não é preciso ter um crush em cada braço pra se sentir super-poderosa e sensual com essa música.


  • Of the night (Bastille cover)
Adoro a roupagem nova que a Bastille deu a essa música, mais eletrônica, mais densa. Também está sempre nas minhas playlists sobrenaturais. O clipe é ótimo, mas é perturbador. Trigger warning para gore e suicídio.


  • Rhiannon (Fleetwood Mac)
Eu descobri essa em uma playlist no Spotify. Como deixar de fora uma música com estrofes como "She's like a cat in the dark and then she is the darkness"? Sem falar que é uma música antiga e eu amo músicas antigas!
Sejamos bruxesc@s e vintage também, afinal!


E esta foi a minha playlist para começarmos bem o Mês das Bruxas!
Nos comentários, não deixem de me sugerir músicas/bandas/cantores para ouvir - e criar novas playlists místicas para os próximos Outubros da minha vida!
Bom, caras criaturas da noite, eu vou subir na minha vassoura agora A gente se vê semana que vem, com mais um post do Bruxas do 31!
Lembrando: Não deixem de passar no Hishoku no Sora e conferir o post-irmão que a Shana fez sobre o tema da semana!
Tenham uma ótima semana!
Kisus

Marcadores: , , , , ,